DENISE LUZ

Olhe para a frente, para os lados, para baixo... Olhe para cima! 

Mas, sobretudo, olhe para dentro! É aí que se dará o ENCONTRO! 

E, só então... FOTOGRAFE! 

(Deni Luz)

Assim é a minha relação com a fotografia! “Eternizar” tudo o que toca a minha alma! 

  • Instagram
Foto Perfil Denise Luz.jpeg
WhatsApp Image 2022-02-24 at 21.36.09
WhatsApp Image 2022-02-24 at 21.36.10 (1)
WhatsApp Image 2022-02-24 at 21.36.10

São muitas as mulheres que admiro! Mas, hoje, a minha homenagem é dedicada a ELA, minha MÃE, minha DIVA!

E através dela, a mulher que escolhi (sim, escolhi!) para ser minha mãe nesta vida, referencio e agradeço às mulheres que me antecederam nesta jornada! Mãe, avós, bisavós... Sou a herança de todas elas! Sangue dos seus sangues, células das suas células e tantas outras “bagagens” herdadas! A minha Gratidão!

Minha DIVA partiu no último mês de maio, com 91 anos. Missão cumprida! 

Minha mãe foi uma mulher linda! Uma deusa! Sobretudo, uma mulher forte, resiliente, corajosa, de decisões firmes! Com 20 anos, casou-se com o grande amor da sua vida! Seis filhos, frutos deste amor compartilhado por 67 anos! Sou a terceira dos seis. 

Em 1997, escrevi este poema para ela, no seu aniversário. De vez em quando, repito o “presente”! E o meu coração transborda amor e gratidão!

 

Mãe

O teu gesto de amor a minha vida gerou...

Foste instrumento do infinito amor de Deus!

Do teu corpo, o meu corpo se formou...

E os teus afetos tornaram-se os meus!

Através de ti meu coração pulsou,

Fonte da vida que então recebi...

Nas minhas veias o teu sangue circulou,

Vida da vida que cresceu em ti!

Foi teu calor o que primeiro me aqueceu,

E o teu amor que me proveu o alimento!

Foi no teu colo que a menina adormeceu,

E nos teus braços que encontrou alento!

Então, era difícil perceber quem era eu...?!

Tão grande e forte o laço que nos unia!

Batia o meu coração, ou era o teu...?

Quem era quem? Eu ainda não sabia!

Sou tua Filha, sou mulher abençoada!

És minha Mãe, minha doce mulher amada!

 

Ainda sinto o cheirinho do talco que ela tanto gostava! Sinto o perfume dos cabelos branquinhos! As mãos lindas e macias da minha mãe! 

Em sua homenagem, minha DIVA, as fotos que fizemos em maio de 2020, um ano antes da nossa despedida na Terra! Com muita saudade! Mas também com a certeza de que sou abençoada por você, todos os dias... a certeza do nosso reencontro... deste laço eterno... deste Amor infinito! 

Sua Filha Denise